Petista duvida de aliança com PSDB

30/06/2005

Hoje em Dia – Conexão Brasília – Márcio Fagundes

O deputado federal do PT com mais mandatos, o mineiro Paulo Delgado, que era acusado de ser o mais tucano dos petistas, não tem esperança de uma aliança entre PT e PSDB, apesar da aproximação do presidente Lula com o governador Aécio Neves. “O PSDB é São Paulo’, assim como o PT. Não é sincero impor a Minas a responsabilidade para uma aliança necessária, que não vai sair porque os paulistas não querem”.

Na avaliação de Delgado, o PT deveria fazer uma aliança programática para retomar o “leito de mudanças” que elegeu Lula, ampliando o dialogo com a centro-esquerda. “Seria a Frente Brasil Popular, com PSB, PCdoB, PPS, mais PSDB, PMDB e os democratas de todos os partidos”, recomenda. O petista defende também a redução pela metade do número de ministérios, que hoje chega a 35.

‘Além disso, o Governo deve enfrentar quatro questões pontuais: reforma política, com cláusula de barreira de 5%, fidelidade partidária e fim da coligação proporcional, sem a lista fechada; investimento maciço em educação básica, desde a creche e a educação infantil; e definir o crescimento econômico como variável principal da estabilidade financeira e não a política de juros que fez do Copom um órgão da Febraban”.

Autor:

Deixe uma resposta

 
WP-Highlight