Paulo Delgado propõe reflexão no Dia Internacional dos Museus

11/04/2005

Douglas Fazolatto – Jornal Panorama

Para marcar o 18 de maio, data em que se comemora o Dia Internacional dos Museus, o presidente da Comissão de Educaão e Cultura, deputado Paulo Delgado, requereu no plen rio da Cmara Federal a realiza ão de uma sessão solene em homenagem aos museus brasileiros, de modo a demonstrar o seu relevante papel na preservaão e na difusão do patrim nio histrico e cultural.

Criado pelo Comite Internacional de Museus – ICOM, o dia dedicado aos museus , segundo o parlamentar, um momento de sensibilizar tanto o pblico quanto as autoridades para uma reflexão sobre a import ncia dos museus na sociedade. Para 2005, o tema proposto pelo ICOM para as comemoraões “Museus: pontes entre culturas”.

Paulo Delgado assegura que, no Brasil, o Ministrio da Cultura busca impulsionar o Dia Internacional de Museus ao implementar uma a ão articulada nacionalmente, desde 2003, sob a coordenaão do Departamento de Museus e Centros Culturais do Instituto do Patrim nio Histrico e Art stico Nacional, o Iphan. Essa aão foi oficializada, a partir da edi ao do decreto de 31de maio de 2004, quando o presidente Lula instituiu a Semana dos Museus, com comemoraões no mês de maio de cada ano.

O deputado mineiro salienta que os museus brasileiros recebem, em m dia, 17,5 milhões de visitantes por ano e geram 10 mil empregos diretos. Alm disso, Paulo Delgado argumenta que o campo museol gico teve um amplo crescimento nas ltimas d cadas e, conseqentemente, cresceu a demanda da sociedade brasileira em rela ão a rea.

Isso demonstra que o papel dos museus e de institui ões de preservaão da mem ria de fundamental import ncia para a inclusão social e para a valorizaão do nosso patrim nio cultural, de modo a torn-lo efetivamente representativo da diversidade tnica e cultural brasileira, ressalta o presidente da Comissão de Educaão e Cultura.

Segundo Paulo Delgado, os museus brasileiros são de suma import ncia no desenvolvimento cultural, cientfico e educativo do pa s. Um exemplo o Museu Mariano Proc pio, em Juiz de Fora, primeiro museu de Minas Gerais e segundo acervo mais importante sobre o perodo imperial brasileiro. Por ser um museu municipal, portanto não integrando a rede de institui ões museolgicas do Iphan, o Mariano Proc pio enfrenta problemas crnicos.

Mesmo sendo considerado o mais importante museu mineiro e um dos cones culturais de Juiz de Fora e de Minas, o Museu Mariano Procpio necessita de a ões imediatas para sua adequada preservaão. Situado no alto e no centro de um parque de 78 mil metros quadrados, o Museu valoriza ainda em seus jardins a flora ex tica e brasileira.

Paulo Delgado, que integrante do Conselho de Amigos do MMP e da Associa ão Cultural de Apoio ao MMP, defende que a criaão de uma Funda ão para gerir o Museu Mariano Procpio possa lan ar uma luz e efetivamente investir para a salvaão de um dos mais significativos acervos museol gicos brasileiros.

Autor:

Deixe uma resposta

 
WP-Highlight