Congresso não pode ser “padaria de leis”, diz deputado

19/12/2009

IG Último Segundo

Guilherme Barros

O deputado Paulo Delgado (PT-MG) vai contra a maré. Ele sustenta que o Congresso não pode se considerar uma “padaria legal”, com três fornadas (comissões, Câmara e Senado).

Para Delgado, um crítico dos hábitos e costumes da política, a elaboração legislativa nem é a única prerrogativa do Congresso tão pouco a mais importante. Ele atribui maior destaque à organização do debate nacional, tendo em vista a pluralidade do Legislativo, e à fiscalização dos atos do Executivo.

Paulo Delgado também acha que as leis acabam sendo um instrumento de divulgação do parlamentar – são as leis com nome do autor – e não de atendimento a questões da sociedade.


Autor:

Deixe uma resposta

 
WP-Highlight