Seminário debate registro de línguas faladas no Brasil

07/03/2006

Informes do PT

A Comissão de Educação e Cultura promove de hoje a quinta-feira (9) o Seminário Legislativo sobre a Criação do Livro de Registro das Línguas. O objetivo do evento, sugerido pelos deputados petistas Carlos Abicalil (MT) e Paulo Rubem Santiago (PE), é discutir políticas públicas que valorizem a pluralidade lingüística do Brasil como patrimônio nacional e direito de cidadania.

A solenidade de abertura está marcada para as 14h, no auditório Nereu Ramos e contará com as presenças dos presidentes da Câmara, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), e da Comissão de Educação, deputado Paulo Delgado (PT-MG), além de representantes dos ministérios da Educação e da Cultura e da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial.

A primeira mesa de debate, às 14h30, será presidida pelo deputado Paulo Delgado e abordará o tema experiência das comunidades lingüísticas brasileiras. Os debates vão até às 18h, quando acontecerá o lançamento do livro “Falares Africanos na Bahia”, da Editora Academia Brasileira de Letras e Topbooks da professora Yeda Pessoa de Castro.

Amanhã, os debates acontecerão no plenário 10, a partir das 14h. A mesa sobre o plurilingüismo brasileiro: a ótica das instituições será coordenada pelo deputado Paulo Rubem. Na quinta-feira (9) haverá um debate às 9h, que abordará o registro das línguas brasileiras como patrimônio cultural do Brasil e os aspectos político-lingüísticos, técnicos e operacionais. A mesa será conduzida pelo deputado Carlos Abicalil.

O seminário, que conta com a parceira do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e o Instituto de Investigação de Desenvolvimento em Política Lingüística, reunirá especialistas em línguas indígenas, afro-brasileiras e de imigrantes.

Autor:

Deixe uma resposta

 
WP-Highlight