Registro de Línguas

04/03/2006

Tribuna de Minas – Cesar Romero

Para quem não sabe, no Brasil são faladas mais de 200 línguas diferentes, entre idiomas nativos, como o dos povos Xavante, Bororo, Guarani e de muitos outros grupos étnicos; as línguas dos imigrantes, como os afro-brasileiros, além do alemão, árabe, espanhol, japonês, italiano, francês, inglês, e ainda a língua brasileira de sinais (libras).

Em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e o Instituto de Investigação e Desenvolvimento em Política Lingüística (Ipol), a Comissão de Educação e Cultura da Câmara, presidida pelo deputado Paulo Delgado, realizará entre os dias 7 e 9, o Seminário Legislativo sobre a Criação do Livro de Registro das Línguas.

O seminário pretende discutir uma política pública voltada para o reconhecimento da pluralidade lingüística, incluída no rol do direito de cidadania.

Autor:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *