Paulo Delgado elogia obras do Ministério da Cultura em Ouro Preto

08/02/2006

O presidente da Comissão de Educação e Cultura da Câmara, deputado Paulo Delgado (PT-MG), elogiou as iniciativas que o Ministério da Cultura (Minc) tem empreendido para a preservação do patrimônio histórico de Ouro Preto, em Minas Gerais. “A preservação do patrimônio material assegura o respeito à história e a valorização do patrimônio espiritual de nosso povo”, declarou o parlamentar.

O ministro da Cultura, Gilberto Gil, foi a Ouro Preto dia 8 de fevereiro, a fim de inaugurar obras realizadas pelo Minc por intermédio do Monumenta. O Programa Monumenta trata da revita­lização de sítios urbanos, por meio da recuperação do patrimônio cultural e é desenvolvido pelo governo federal, em parceria com a Unesco e com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O programa envolve instituições federais, estaduais e municipais, assim como segmentos da comunidade.

Paulo Delgado, que foi integrar a comitiva do ministro Gilberto Gil, disse que “fazer de Ouro Preto o cenário do novo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em suas múltiplas parcerias nacionais e internacionais, é reafirmar o compromisso com o maior sítio histórico de nosso país, berço de arte, cultura e liberdade”.

Durante sua estada na cidade histórica, Gilberto Gil inaugurou obras realizadas pelo Monumenta, assistiu a apresentações de grupos folclóricos locais e empossou Luiz Fernando de Almeida – atual coordenador Nacional do Programa do MinC – no cargo de presidente do IPHAN. A solenidade de posse aconteceu às 15h, no Teatro do Centro de Convenções da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP).

Também estiveram presentes o secretário-executivo do Ministério da Cultura, João Luiz Ferreira; o presidente do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha), Octávio Elíseo; o prefeito de Ouro Preto, Ângelo Oswaldo; o presidente da Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais, Antônio Martins; o presidente da Associação das Cidades Patrimônio da Humanidade, Tadeu Palácio; além de outras autoridades locais e estrangeiras.

Terminada a cerimônia, todos seguiram para a Praça Tiradentes acompanhados de um cortejo cultural formado pela Cavalhada da Associação de Cavaleiros Mestre Nico de São Gonçalo do Amarante e pelos grupos Dança e Folia de São Gonçalo e Dança de Fitas de Glaura, realizada por meninos e meninas vestidos de camponeses no estilo português. Ao dançar eles pediram chuva e sol na medida certa e fertilidade do solo e das plantas de todo o município de Ouro Preto, para que sempre haja fartura e a fome não ronde a região.

Obras do Monumenta

Na Praça Tiradentes, o ministro Gilberto Gil, o novo presidente do Iphan, Luiz Fernando; e o cônego José Feliciano da Costa Simões descerraram a placa de inauguração da Casa da Baronesa. Em seguida, foi inaugurada a Casa de Gonzaga, local onde morou o poeta e inconfidente Tomás Antônio Gonzaga e que também serviu de residência e despacho dos Ouvidores da antiga Vila Rica. Atualmente, ali funciona a Secretaria de Cultura e Turismo.

Autor:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *