Cultura da Manipulação

03/05/2006

O Estado de S. Paulo – Dora Kramer

O deputado Paulo Delgado não se associa ao discurso preponderante ontem no PT de tentar reduzir a importância do ato de Evo Morales ressaltando o respeito à “soberania” do povo boliviano.

Delgado aponta o caráter populista do gesto de expropriação das refinarias, mas não considera esse tipo de atitude marca exclusiva das lideranças referidas nas populações mais pobres.

Diz o deputado: “As elites latino-americanas são tão manipuladoras quanto os líderes populares. Resistem tanto quanto eles a fazer um esforço de realismo. Por isso, tendem a cair na fantasia demagógica”.

Autor:

Deixe uma resposta

 
WP-Highlight