Com Paulo Delgado, partido que nasceu operário passa a integrar a Fiesp

01/04/2005

O Estado de São Paulo

BRASÍLIA – Vinte e cinco anos depois de sua fundação como partido da classe trabalhadora, o PT chegou à Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), entidade patronal. O presidente da Comissão de Educação da Câmara, deputado Paulo Delgado (PT-MG), foi convidado pelo presidente da entidade, Paulo Skaf, a integrar o Comitê de Responsabilidade Social da Fiesp. Delgado aceitou o convite e ainda festejou: “Podem contar comigo na próxima reunião”, disse ele.

Paulo Delgado vai sentar-se a mesma mesa que os conselheiros atuais, como Viviane Senna (Instituto Ayrton Senna), o economista José Pastore, Abílio Diniz (Grupo Pão de Açúcar), Antonio Ermírio de Moraes (Votorantim), Fábio Barbosa (ABN-ANRO Bank), Rosana Camargo de Arruda Botelho (Camargo Correa) e o médico Raul Cutait, entre outros. O comitê é presidido pelo ex-ministro da Educação Paulo Renato Souza.

O Comitê de Responsabilidade Social da Fiesp (Cores) tem por objetivo, de acordo com a própria entidade, oferecer estratégias e ferramentas que auxiliem os industriais na formulação e implantação de política de Responsabilidade Social Empresarial (RSE). deve levar em conta as exigências legais, compromissos éticos, a preocupação com a promoção da cidadania e do desenvolvimento sustentável, além da transparência das atividades.

Autor:

Deixe uma resposta

 
WP-Highlight